Psicologia do Desenvolvimento



Conhecimento vulgar vs Conhecimento Científico

    O que é o conhecimento científico?

    Como se desenvolve?

    Em que métodos se baseia?

   Ao fazer-nos pensar sobre questões como estas, a filosofia da ciência alarga a nossa compreensão de uma forma de conhecimento que mudou radicalmente o mundo em que vivemos.

   Grande parte do nosso conhecimento da natureza e dos seres humanos não é científico e, na verdade, surgiu muito antes  da ciência ou mesmo da própria civilização. Sabemos que certas plantas nos alimentam ou curam e que outras são venenosas, que é mais seguro beber água fervida, que os filhos tendem a parecer-se com os pais, que algumas doenças são contagiosas, que com o leite podemos fazer queijo, que por vezes a terra treme e o Sol desaparece e que podemos moldar alguns metais quando os aquecemos. O conhecimento vulgar ou senso comum corresponde a crenças como estas.

   De uma forma geral, senso comum é um processo intuitivo de raciocínio dedutivo que permite que a maioria das pessoas tirem conclusões de forma racional quando confrontadas com decisões. É uma faculdade da razão. O senso comum é subjectivo à experiência humana. Ela pode ser manipulada e distorcida, pois é de certa forma influenciada por percepções individuais e experiências. O meu senso comum é um produto da minha intuição, experiência, processo de pensamento, e tem o poder de influência sobre pessoas próximas a mim ou sobre o meio-social em que estou inserida.  Devido a estas percepções individuais do senso comum, as crenças variam de acordo com as variáveis ​​anteriores. Eu poderia afirmar que é do senso comum acreditar em um poder superior, mas isso seria uma declaração de preconceito, porque é subjetivo para minhas experiências. Como seres humanos, relacionamosa nossa realidade externa à nossa realidade interna, usando uma variedade de mecanismos de racionalização. Por tudo isto as nossas experiências variam e os nossos comportamentos irão alterar a função congruente das nossas crenças.

Do senso comum à ciência

    Não há uma descontinuidade absoluta entre o senso comum e a ciência. O conhecimento científico surgiu a partir da ampla informação empírica que constitui uma parte importante do senso comum, e as diversas ciências resultaram em grande medida das necessidades práticas da vida humana.

     De certo modo, a ciência é um desenvolvimento do senso comum.

                              Mas o que define tal desenvolvimento?

O que trouxe o conhecimento científico de radicalmente novo?

   Uma resposta incompleta é a seguinte: a ciência é um corpo de conhecimento extremamente sistematizado, ao contrário do senso comum, que é um corpo de conhecimento vasto,  mas pouco organizado. Por outras palavras, ao nível do senso comum encontramos uma colecção de factos bastante dispersos, mas as teorias científicas «arrumam» os factos de uma maneira sistemática.

     Uma resposta atraente é esta: a ciência difere do senso comum em virtude de consistir num corpo de conhecimento sistematizado que visa proporcionar explicações dos factos conhecidos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: